Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Caracol

Um blogue pseudo-humoristico-sarcástico. #soquenão #ésóparvo

Um blogue pseudo-humoristico-sarcástico. #soquenão #ésóparvo

Alguém que me explique...

...Como se fosse mesmo muito burra, ou um ser totalmente desprovido de sensatez, coração, humanidade ou o que lhes quiserem chamar: qual a diferença entre as duas imagens que abaixo?

 

judeus.png

 

sirios.jpg

 

 Ou sou eu que sou muito parva, ingénua e não percebo nada disto, ou são todos seres humanos?!

Juro que não entendo a nossa espécie: vêem a Lista de Schindler, a Vida É Bela ou qualquer outro que retrate dura realidade do que foram os campos de concentração/perseguição Nazi, choram baba e ranho, e ai que coitadinhos, tão massacradinhos foram! Filho de puta, aquele Hitler, cabrões das SS, um povo que nunca fez mal a ninguém (não pesquisei, mas com certeza os judeus tiveram, em alguma época da História, algum episódio menos bonito - todos os povos têm) assassinado em massa, sujeito às mais hediondas torturas, à disposição dos carrascos e da sua malvadez, pudesse eu ter feito alguma coisa, existisse eu naquele tempo e teria feito alguma coisa!

É o que a maioria pensa.

E o que fazem quando vêem a violenta fotografia, tão brutalmente silenciosa que quase ouvimos o marulhar das ondas, de Aylan Kurdi?

Partilham-na vezes sem conta, que vergonha como é possível isto em pleno século XXI, é preciso fazer alguma coisa, caramba!

O que fazem quando lhes dizem que vamos ajudar refugiados pessoas perseguidas por carrascos que utilizam a religião como desculpa para assassínios em massa? Lembram-se dos sem-abrigo. Ou dos desempregados. Ou dos pensionistas. Ou dos doentes crónicos. Do vizinho que, coitado, vive na miséria com os seus 3 filhos e esposa, também ela desempregada, sem qualquer tipo de ajuda governamental.

Agora pergunto eu: o que fazem, ou fizeram, pelos sem abrigo? Pelos desempregados? Pela vossa avó reformada que trabalhou toda a vida e recebe uma merda de 300€ ao final do mês? Pelo vosso vizinho?

Eh pá, deixem-se de merdas! Querem fazer alguma coisa pela sociedade, contribuir para tornar a vida de alguém melhor? Ótimo! Façam-no! Mas deixem-se de falsos moralismos, de revoltas de sofá, de indignações da treta.

 E, por favor, parem de comparar o incomparável. Parem de comparar dores que não sentem, por não serem vossas. Porque se fossem, quereriam, com certeza, que alguém vos deitasse a mão.

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    A Caracol 26.10.2015

    Patrícia, tardo na resposta qu'aqui o estaminé tem estado um pouquinho entregue às aranhas, mas gostaria que me explicasse os seus comentários. Não acha que há já arame que chegue? Que não há muros levantados suficientes? Que não há mentes fechadas em demasia?
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.