Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Caracol

Um blogue pseudo-humoristico-sarcástico. #soquenão #ésóparvo

Um blogue pseudo-humoristico-sarcástico. #soquenão #ésóparvo

Tens a certeza, Jéssica? É mesmo isso que queres?


Tu vê lá mulher! Ainda és nova e tens talento, tanto talento! Porque raio te vais reformar agora? Eu sei, eu sei, ainda contamos contigo para a quarta temporada, mas e depois? Quem nos irá arrepiar noite fora em American Horror Story? Quem? Não é nada contra o restante elenco, todo ele encantadoramente assustador, mas eles não têm o teu mistério, o teu brilho e a tua capacidade de nos fazer acreditar que o personagem é real e que continua a sua vidinha medonha após o final de cada temporada.
A forma como conseguiste fazer com que odiasse a Sister Jude e desejasse que lhe caísse um relâmpago a qualquer instante ao fim de oito episódios, para ao nono torcer para que saísse do asilo, sofrer com ela os horrores que já havia provocado.. Uau! Não é fácil esta passagem de ódio para "amor" por um personagem. Mas tu conseguiste! E porquê? Porque é grande no que fazes, mulher!
De quando em vez, ainda trauteio o "The Name Game", versão por ti imortalizada no asilo.
E em Coven? Os arrepios que não me dá a Fiona? E a pena que tenho, ao mesmo tempo que a acho um ser abominável, por padecer de um cancro terminal e - embora enleada e catedrática nas andanças de feitiçaria - nada a safa? Estou mortinha por ver o lhe trará o novo ano, quais os novos planos para a nova suprema, já que se enganou e matou a errada.
Vá, pronto, vai lá sossegadita para a reforma, mas trata, de quando em vez, de pores um personagenzinho novo na série, está bem? Assim, um daqueles esporádicos que só fazem dois episódios, mas que fazem saltar as órbitas, não deixam pestanejar e ficamos com as pipocas na mão, a meio do caminho para a boca, pode ser? Vá, ficamos assim então, fico à espera.


Os arrepios qu'esta mulher me deu! M-E-D-O!

The Name Game, versão asilo. Jude, depois de ter levado com um porrada de choques no cérebro, rodeada de loucos sãos, que só lá estão porque a mentalidade da época assim o exigia.
Épico.