Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Caracol

Um blogue pseudo-humoristico-sarcástico. #soquenão #ésóparvo

Um blogue pseudo-humoristico-sarcástico. #soquenão #ésóparvo

Vamos lá falar de coisas sérias

E deixemo-nos de brincadeiras que a vida está difícil e todos os pacotes de açúcar contam caso o apocalipse zombie comece amanhã. 

Estou muito, mas assim mesmo muito, desagradada com esta espécie de concurso. 

Para já, porque uma bloguista do meu gabarito merecia uma categoria só para si. É injusto? É tendencioso? Tiraria o voto livre? Não! Concluiria à partida que não tenho concorrência capaz de me fazer frente. Agora cinco blogues por categoria? P'lamor dxi deus... Isso são demagogias de esquerda e direita, tudo junto numa panelinha central e com lume brando. É por estas coisas que o Salazar faz muita falta. A ver se no Estado Novo haveriam tantas categorias e tanta gente por categoria. Uma ova é que havia! 

Depois há a questão dos votos: eu só votei com duas conta que tenho, mas foi mesmo porque não tive tempo para criar mais. Preferi pagar jantares de comícios bloguísticos e deixar isso a cargo dos meus assistentes. Ah pois, não pensem que estou nisto sozinha. Tenho toda uma equipa a trabalhar comigo (lá atrás onde vocês não vêem) há todo um esquema eleitoral montado - muito baseado no marketing do Trump - e que vou pagar a 50 anos, com um TAEG de 0.05% e um Spread de 2.1 nos primeiros 5 anos. Podia ter comprado uma casa, mas achei que investir em mim era muito mais lucrativo a médio/longo prazo. Até porque, não sei se sabem, o preço de quilo do açúcar vai ultrapassar em pouco tempo o preço do barril de petróleo. 

Por fim, a questão da transparência. É efectivamente um concurso muito pouco transparente. Sobretudo, no que concerne à organização. Magda? Quem é a Magda? Como sei que se chama Magda? E David? Quem é o David? Onde estão as certidões de nascimento a comprovar que têm mesmo esse nome, atribuído por senhores seus pais? E já agora: a declaração de IRS de cada um, comprovando que efectivamente não ganham nada com isto. E não esquecer a factura da compra da saqueta de açúcar! Não quero ser complacente em fugas a impostos. Até posso boicotar o Continente porque abre em cada esquina e lixa os pequenos comerciantes, mas EXIJO a factura da saqueta de açúcar. 

Agora se me dão licença, vou emborcar o antibiótico que a amigdalite ainda não se cura com parvoíce, infelizmente. Nem a estupidez. 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.